Ano Novo РIsaías e o tempo oportuno, Jesus e o ano aceitável

Notas de Prega√ß√£o ‚Äď V√©spera de Ano Novo

Brasília, 31/12/2012

CECLB ‚Äď P. Daniel Conte

I РLeituras Bíblicas:

a) Salmo 90.1-12 ‚Äď A dura√ß√£o da vida do ser humano em compara√ß√£o √† eternidade de Deus

b) Isa√≠as 55.6-12 ‚Äď Convite a buscar o Senhor, que √© rico em perdoar, pensa e caminha soberanamente, que fala e faz como lhe apraz, que guia em paz e alegria os que o buscam.

c) Lucas 4.14-21 ‚Äď Jesus, na sinagoga de Nazar√©, l√™ do Profeta Isa√≠as e afirma que o cumprimento da profecia se d√° nele mesmo: O Esp√≠rito do Senhor est√° sobre mim e me enviou para… apregoar o ano aceit√°vel do Senhor.

II – Mensagem:

a) Votos e desejos de Novo Ano ‚Äď ora√ß√Ķes diante de incertezas?

‚ÄúFeliz Ano Novo!‚ÄĚ, ‚ÄúUm bom ano novo para voc√™s!‚ÄĚ Assim nos cumprimentamos neste dia de v√©spera e nos primeiros dias do novo ano. Os cart√Ķes de felicita√ß√Ķes que alguns costumam enviar aos amigos, por ocasi√£o dos dias festivos, costumam desejar, al√©m do ‚ÄúFeliz Natal!‚ÄĚ, um ‚Äúpr√≥spero ano novo‚ÄĚ. Sermos felizes e pr√≥speros: este seria, ent√£o, o desejo intimo de todos n√≥s. Felizes e bem sucedidos. Trezentos e sessenta e cinco dias vividos sem problemas financeiros, sem problemas de sa√ļde, sem problemas familiares ou profissionais. Trezentos e sessenta e cinco dias de bem-estar, de trabalho, de descanso, de amor, de amizade, de horas festivas.

Nada de errado com tais desejos. O cora√ß√£o tem uma sede inata de felicidade. E esta vontade de ser feliz, afinal de contas, nos foi colocada no cora√ß√£o pelo nosso Criador. Mas a pergunta √© se este desejo geral de um ‚Äúfeliz ano novo‚ÄĚ n√£o revela uma inquieta√ß√£o interna de todos n√≥s. Uma inquieta√ß√£o que nos vem dos anos passados (talvez bem mais fortemente deste ano que termina), de dias que n√£o foram t√£o felizes assim, que nos trouxeram problemas e surpresas dolorosas. E talvez esta suposta inquieta√ß√£o seja tamb√©m fruto de alguma incerteza em que vivemos. Talvez, bem por dentro, muitos de n√≥s sintamos que a realidade do ano vindouro pode ser diferente. Podem surgir grandes desafios no nosso caminho. Desafios que poder√£o requerer de n√≥s muito trabalho, persist√™ncia, paci√™ncia, for√ßa. Podem vir crises por a√≠, talvez na √°rea da economia, talvez dos relacionamentos, ou do trabalho, ou da sa√ļde, da f√©…

Talvez, muito mais que um simples desejo, os votos de Feliz e pr√≥spero Ano Novo‚ÄĚ signifiquem na verdade uma ora√ß√£o que brota do nosso cora√ß√£o.

√Č bem verdade que a B√≠blia n√£o √© propriamente um livro de receitas prontas para uma vida dita ‚Äúfeliz e pr√≥spera‚ÄĚ nos termos que muitos por a√≠ pensam. Ela √©, sim, um livro que conduz a Cristo Jesus e nisso nos leva a vida verdadeira. Nos d√° princ√≠pios de sabedoria que conduzem a uma vida equilibrada e que levam √† satisfa√ß√£o e paz. Mas tamb√©m a B√≠blia √© muito realista no que diz respeito √† vida, aos dias atuais e futuros (vejamos o Salmo 90!). A B√≠blia afirma que uma batalha vem sendo se desenrolando entre Deus e o Diabo. H√° um conflito entre duas vontades: a Deus para paz e bem na comunh√£o com Ele; e a do Diabo para destrui√ß√£o e pervers√£o do ser humano e de todo o mundo. A partir desta perspectiva √© que Jesus previne os seus disc√≠pulos: ‚ÄúSe o mundo me odiou a mim, odiar√° a voc√™s tamb√©m.‚ÄĚ (Jo 15.20s). ‚ÄúO justo passar por muitas afli√ß√Ķes, mas o Senhor o livra de todas‚ÄĚ (Sl 34.19)

b) A Boa Notícia de Jesus: Estou aqui para transformar o presente tempo em algo favorável, bom, mediante a aceitação de Deus a nós e de nós a Deus!

Mas apesar desta realidade escura e inquietante que a B√≠blia nos aponta, ela aponta tamb√©m, e com a mesma clareza, uma outra realidade: a realidade da soberania de Deus e da sua bondade, a realidade do Evangelho; a mensagem alegre, a boa nova de Deus, em meio √† inquieta√ß√£o e √† ang√ļstia de nossa vida, √† semelhan√ßa da noite escura em que viviam os pastores nos campos quando lhes veio o anjo anunciar o nascimento de Jesus: a ‚Äúnot√≠cia de grande alegria‚ÄĚ.

Assim, bem no centro da mensagem do texto que lemos no Evangelho, est√° a frase de Jesus: ‚ÄúO Esp√≠rito do Senhor est√° sobre mim, pelo que me ungiu para…. anunciar que chegou o tempo em que o Senhor salvar√° o seu povo (v. 19).‚ÄĚ Na tradu√ß√£o antiga esta mesma frase √© dia assim: ‚ÄúE apregoar o ano aceit√°vel do Senhor‚ÄĚ. Jesus vem anunciar o ano aceit√°vel. Ele se refere a um tempo em que Deus nos aceita se queremos voltar a ele. Se refere a um tempo ‚Äď por n√£o dizer assim? √Č, na verdade, decorr√™ncia l√≥gica ‚Äď em que n√≥s aceitamos Deus e o que Ele nos manda. Este tempo, ent√£o, √© um tempo de reconcilia√ß√£o, √© um tempo de paz. √Č um tempo em que Deus faz coisas novas (Se algu√©m est√° em Cristo, √© nova criatura‚ÄĚ ‚Äď 2 Co 5.17). Esta √© a boa not√≠cia de Jesus: ‚ÄúEi! Vejam! Eu cheguei! Eu estou aqui para transformar o presente tempo (e o vindouro tamb√©m!) em algo favor√°vel, bom, aceit√°vel!‚ÄĚ

Faremos bem em levantar nossas cabe√ßas e em abrir os nossos ouvidos e cora√ß√Ķes para esta mensagem de Jesus, hoje e em cada dia dos que vir√£o e que Deus nos conceder.

c) Acima, antes, apesar e no meio de dias bons ou ruins, vale para n√≥s o convite: ‚ÄúBuscai o Senhor… pois √© rico em perdoar… Ele faz as coisas de modos diferentes do que esperar√≠amos…‚ÄĚ e tem prazer em estar com o abatido e contrito, e tem prazer em dar bons presentes aos seus filhos.

√Č no sentido de um convite √† confian√ßa e esperan√ßa, que queremos ler o Profeta Isa√≠as (55.6-12) nesta noite:

‚ÄúProcurem a ajuda de Deus enquanto podem acha-lo; orem ao Senhor enquanto ele est√° perto.‚ÄĚ

Os convites e afirma√ß√Ķes de Isa√≠as querem justamente criar em n√≥s confian√ßa e esperan√ßa. Pois afirmam:

1 ‚Äď Deus √© Rico (v. 7 ‚Äď ‚Äútem compaix√£o e perdoa completamente‚ÄĚ, na NTLH; ‚Äúse compadecer√°… √© rico em perdoar‚ÄĚ, na RA).

Deus √© rico em compaix√£o, em perdoar, renovar, em concertar a nossa vida. Em mat√©ria de compadecer, n√£o ningu√©m melhor do que Jesus Cristo. Ele experimentou a morte pela CRUZ. (Isa√≠as 53.3: ‚Äúhomem de dores e que sabe o que √© padecer‚ÄĚ)

2 ‚Äď Deus √© perfeito no que faz, mesmo que n√£o compreendamos. (v. 8 e 9 ‚Äď ‚Äúassim como os c√©us s√£o mais altos do que a terra, assim, s√£o os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos que os vossos pensamentos.‚ÄĚ)

3 ‚Äď Deus faz acontecer aquilo que Ele quer. Sua vontade boa, a despeito de aparentes trag√©dias, prevalecer√° e se firmar√°. (v. 10 e 11 ‚Äď ‚ÄúA chuva e a neve caem do c√©u e n√£o voltam at√© que tenha regado a terra… Assim tamb√©m a ordem que eu dou n√£o volta sem ter feito o eu quero…‚ÄĚ)

4 ‚Äď Ele nos livrar√° de qualquer escravid√£o. (v. 12 e 13 ‚Äď ‚ÄúVoc√™s sair√£o alegres da Babil√īnia, ser√£o guiados em paz…‚ÄĚ. ¬†Paulo sentiu-se escravo do pecado como se fosse um corpo morto amarrado ao seu (uma forma de condena√ß√£o √† morte comum em seus dias). Mas experimentou a vit√≥ria de Jesus sobre este sentimento (Rm 7.8-24). √Č (bem) poss√≠vel que pessoas seja escravizadas pelo pavor da morte. Mas Jesus destruiu esse poder e quem est√° com ele esta livre desta escravid√£o (Hebreus 2.14-15). Quem busca o Senhor, ou ‚Äď como expressou o Ap√≥stolo Paulo ‚Äď quem ‚Äúest√° em Cristo‚ÄĚ, tem excelente raz√£o para ter boa esperan√ßa, para alegrar-se, e andar em paz.

Sabendo ou n√£o o que nos espera no novo ano. Com boas expectativas ou incertezas, somos convidados a buscar o Senhor no novo ano. Somos animados a depositar em Suas m√£os as nossas vidas, nossas decis√Ķes, nossos planos.

Feliz Ano Novo! Aben√ßoado Ano Novo! Tenha bom √Ęnimo! A m√£o de Deus est√° estendida para voc√™! N√£o perca a oportunidade!

Se caíres, ela estará estendida para te levantar. Se por acaso caíres e permaneceres caído por mais tempo que o esperado ou desejado, o Senhor estará pronto para fazer-te companhia.

Tenha bom √Ęnimo! E tenha um ano feliz!

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress