CONVITE – 45 ANOS DA CECLB

16
Abr
Publicado em: Eventos por


MENSAGEM ALUSIVA AOS 45 ANOS DA CECLB

No m√™s de abril, a cada ano, comemoramos o anivers√°rio de inaugura√ß√£o de nosso templo e sal√£o comunit√°rio. √Č, em suma, o anivers√°rio da nossa Comunidade.

Neste ano estamos comemorando os 45 anos. O ano de 1969 j√° vai longe; Bras√≠lia tinha apenas 09 anos de exist√™ncia e a IECLB marcava sua presen√ßa aqui, inaugurando um templo de acordo com o estilo arquitet√īnico da nova Capital.

Muitas pessoas que presenciaram a inauguração já não vivem aqui, mas outras tantas ainda estão aqui e podem nos relembrar daquela data.

√Č tempo de festejar 45 anos, mas tamb√©m tempo de agradecer. N√£o somente √†queles que iniciaram a jornada na CECLB, mas tamb√©m √†queles que prosseguiram o trabalho e especialmente a Deus por ter guiado este trabalho. √Č bastante pertinente, pois, que lembremos da estrofe do hino 233 dos HPD, que diz:

“Até aqui me trouxe Deus; guiou-me com bondade.

Ele amparou os passos meus, com graça e fieldade.

Até aqui me protegeu, perdão e paz me concedeu,

conforto e alegria.‚ÄĚ

Da Comunidade de poucas almas, a CECLB evoluiu para uma comunidade de mais de 800 pessoas. Além disso, mantém hoje, com seus próprios meios, dois pastorados, um centro comunitário adequado às suas necessidades, funcionários administrativos e é responsável pela administração de dois centros sociais. Entre nossos membros encontramos pessoas com multiplicidade de dons e talentos que colocam à disposição do trabalho nos quase vinte diferentes grupos de trabalho.

Anima-nos ainda o fato de que caminhamos para o cinquentenário da Comunidade com um projeto de restauração do templo para que, como capital federal, estejamos prontos para festejar também os 500 anos da Reforma Luterana em 2017. Parece distante? Faltam somente três anos!

√Č bem verdade que nestes 45 anos houve momentos de expans√£o e tamb√©m tempos mais dif√≠ceis. Mas nada disso deve servir para nos abalar ou tornar soberbos, pois como diz outro hino (este menos conhecido):

‚ÄúP√Ķe a semente na terra: n√£o ser√° em v√£o.

N√£o te preocupe a colheita: plantas para o irm√£o.‚ÄĚ

Festejemos, pois, os 45 anos da CECLB na certeza de que é para o Senhor da Colheita que trabalhamos e Ele é também aquele que nos dirige, nos anima e a quem cabe colher os frutos.

(Ricardo Dalla Barba, pelo Presbitério da CECLB)



Deixe um comentário

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress